quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Quando eu era criança
Não sabia escrever,
Desenhava os meus contos....

Desenhei o sol e a lua
Com corações por toda folha, ♥
Havia tanto amor entre eles. ♥

Fiz asas de anjos para a lua
E pernas para o sol.
A lua quando viu as suas asas,
Se sentiu livre
E sorriu para o sol.
E o sol quando viu as suas pernas,
Se sentiu livre
E Sorriu para lua.
A lua voou em direção ao sol
E o sol correu em direção a lua,
Havia tanto amor entre eles.

Quando a lua e sol finalmente
Se encontram,
As asas da lua queimaram
E com suas asas em chamas,
A lua caiu no mar.
O Sol correu em direção ao mar
E chorou quando o mar gritou:
Vá embora,
Você a machucou!!!
Havia tanta dor entre eles.

E o sol correu,
Mais rápido que pode
Até se distanciar
E Caiu de joelhos,
Chorou, chorou,chorou...
Queria olhar em direção ao mar,
Ver a sua amada lua,
Mas não tinha coragem,
Havia tanta dor entre eles.

Uma pequena nuvem curiosa se aproximou,
Perguntou o que tinha havido,
O sol respondeu
Em meio aos soluços,
Tenho tanto amor em mim
E mesmo assim machuquei,
Quem sempre amei...
E outras pequenas nuvens
Se aproximaram
E viram tanta dor,
Que se abraçaram
E choraram com o sol
E as lágrimas das nuvens
Caíram sobre o mar
Em forma de chuva,
As minhas caíram sobre a folha,
Havia tanta dor entre eles.

E a lua com os cuidados do mar sarou,
E por gratidão ao mar
Deu de presente o seu reflexo,
E dava para ver a sua a proximidade
Com o mar.
O sol continuou se escondendo
Atrás das nuvens
E sofrendo com ciúmes do mar,
Havia tanta dor entre eles.

A lua confessou ao mar
E o sol confessou as nuvens,
Havia dor,
Havia distância,
Havia tanto amor entre eles.

Lucy Coelho

(direitos reservados)