quinta-feira, 25 de junho de 2015

Texto inspirado no filme Titanic


Titanic

Se você pular,
eu pulo também,
mas pense que a vida
é um dom maravilhoso
e não devemos desperdiça-la,
então viva por mim, e se for pular,
que seja para os meus braços
e prometo que te salvarei de todas as maneiras
que uma mulher poderia ser salva por um homem... Para sempre!...

Sei que devemos aceitar a vida do jeito que ela é,
mas tê-lo por um tempo na minha,
fez a vida valer a pena,
pois a minha era cercada de pessoas vazias,
com conversas sem conteúdo,
sentia-me diante de um precipício,
sem ninguém para puxar-me dele,
que ao menos se importasse,
ou notasse como eu estava perdida...
Mas com você, moço, fui rumo às estrelas...
  
Prometi que irei sobreviver,
não vou desistir, 
não importando o que venha acontecer,
pois te levo em mim,
como parte da minha vida,
como uma linda história guardada no meu peito,
que  nunca poderei contar,
pois o meu coração será como um oceano profundo
cheio de segredos...

Nunca mais fumei
e nunca mais fiquei nas pontas dos pés... 
Ainda vejo o teu rosto quando eu rodopio,
Ainda danço nos meus devaneios, 
a nossa primeira e única dança... 
E vivi cada momento da minha vida
como se fosse o último dia,
aventurei-me e fiz um pouco de tudo
que uma pessoa deveria fazer na vida,
Cavalguei, voei, e de todas as maneiras viajei,
mas com você, moço, fui rumo às estrelas...

E quando eu olhar para céu,
ninguém vai entender o motivo do meu sorriso,
ninguém vai entender que um dia fui ao céu
e com você estive entre as estrelas.
Sim, meu coração tornou-se um oceano profundo,
mas meu querido,
você fez a minha vida valer a pena,
não me sinto mais cercada por pessoas vazias
 e nem estou perdida,
pois à distância de um salto,
você esteve lá comigo...
E diante de um precipício  
fui salva de uma maneira
que toda mulher merecia ser.

Minha vida foi preenchida,
mesmo com a sua ausência,
me sinto realizada,
completa,
pois você tornou-se uma parte de mim.
E quando me virem diante do mar,
ninguém vai entender o motivo do meu sorriso... 
  
Nem o coração do oceano,
E nenhuma joia rara do universo,
que eu pudesse carregar em volta do meu pescoço,
poderia ser tão raro quanto o que levo dentro do peito...

E aonde você estiver,
sei que você também me eternizou, 
com a sua bela arte,
em uma folha de papel
e com o seu carvão nas mãos,
Pois a alma eterniza o amor...

Deveria está chorando,
mas a lembrança do teu olhar
e do teu sorriso enche-me de completa graça e luz,
sinto-me eternamente feliz.
E quando eu estiver olhando para o céu,
só você entenderá o motivo do meu sorriso.

In memoriam Gloria Frances Stwart (*1910 - +2010*) Eterna Rose
Lucy Coelho

terça-feira, 23 de junho de 2015

Texto poético inspirado no filme Titanic

Texto poético inspirado no filme Titanic

Se você pular, eu pulo também, mas pense que a vida é um dom maravilhoso e não devemos desperdiça-la, então viva por mim, e se for pular, que seja para os meus braços e prometo que te salvarei de todas as maneiras que uma mulher poderia ser salva por um homem... Para sempre!



Sei que devemos aceitar a vida do jeito que ela é, mas tê-lo por um tempo na minha, fez a vida valer a pena, pois a minha era cercada de pessoas vazias, com conversas sem conteúdo, sentia-me diante de um precipício, sem ninguém para puxar-me dele, que ao menos se importasse, ou notasse como eu estava perdida... Mas com você, moço, fui rumo às estrelas...


Prometi que eu que irei sobreviver, não vou desistir, não importando o que venha acontecer, pois te levo em mim, como parte da minha vida, como história guardada no meu peito, que  nunca poderei
contar, pois o meu coração será como um oceano profundo cheio de nossos segredos.




E quando eu olhar para céu, ninguém vai entender o motivo do meu sorriso, ninguém vai entender que um dia fui ao céu e com você estive entre as estrelas.
Sim, meu coração tornou-se um oceano profundo, mas querido, você fez a minha vida valer a pena, não me sinto mais cercada por pessoas vazias e nem estou perdida, pois à distância de um salto, você esteve lá comigo diante de um precipício e fui salva de uma maneira que toda mulher merecia ser.



Minha vida foi preenchida, mesmo com a sua ausência, me sinto realizada, completa, pois você tornou-se uma parte de mim. E quando me virem diante do mar, ninguém vai entender o motivo do meu sorriso. 


Nem a joia mais rara do mundo, que eu pudesse carregar em volta do meu pescoço, poderia ser tão raro quanto o que levo dentro do peito.


Deveria está chorando, mas a lembrança do teu olhar e do teu sorriso enche-me de completa graça e luz, me sinto feliz. Quando eu estiver olhando para o céu, só você entenderá o motivo do meu sorriso.

Lucy Coelho







sexta-feira, 19 de junho de 2015

Por quê?


ANDO MEIO DISTRAÍDA
BASTANTE PENSATIVA
INCOMODADA E PEDIDA 
BUSCANDO RESPOSTAS 
PARA PERGUNTAS
QUE NO FUNDO 
NÃO EXISTEM 
MAS, PERSISTEM
EM DEIXAR-ME TOTALMENTE 
NO OBSCURO DA DUVIDA
DO POR QUÊ?... 

 AS RESPOSTAS TÃO QUERIDAS 
TALVEZ NEM FAÇAM DIFERENÇA NA MINHA VIDA 
MAS, ASSIM MESMO 
EU QUERO SABER 
DO POR QUÊ?... 

PORQUE SINTO TANTA FALTA? 
PORQUE NADA PREENCHE ESSE VAZIO? 
PORQUE ME FAÇO DE FORTE? 
E PORQUE RETENHO AS MINHAS LÁGRIMAS?... 

A RESPEITO DELAS 
SIM
TENHO RESPOSTAS 
AS MINHAS LÁGRIMAS 
CLAMAM PARA DESCEREM 
MAS EGOISTAMENTE 
RETENHO-AS 
DENTRO DE MIM 
DENTRO DO MEU CORAÇÃO 
PELA ÚNICA RAZÃO 
QUE ELAS ENTREGAM-ME 
E SEM NENHUMA DISCRIÇÃO 
SIMPLESMENTE REVELAM 
O QUANTO O MEU CORAÇÃO É TRISTE 
E O QUANTO A MINHA ALMA DÓI...

POR ESSAS PARTIDAS TÃO REPENTINAS
SEM DÁ CHANCE DE UM SIMPLES ADEUS 
AI, MEU DEUS!... 

SÓ SEI DAS MINHAS LÁGRIMAS
E QUE DEUS SABE O QUE FAZ 
DO RESTO
NADA A MAIS... 
EM MEIO A TANTAS PERGUNTAS 
SÓ QUERIA SABER 
DO POR QUÊ? 

Lucy Coelho





Por amor



Uma flor, que todos os dias era despertada pelo seu Sol e um dia foi roubada, e entregue a uma bela amada e para ser eternizada foi guardada dentro de livro... Para amada belo presente, para flor um triste destino.
Por anos, dentre as folhas de velho livro foi guardada, cheia de saudades do seu belo jardim e o do Sol, o seu primeiro e único amor. Foi uma eterna noite de sonhos, a flor adormeceu...
Um dia, por uma faxina o livro a ser espanado foi aberto e a flor foi despertada ao ouvir um sussurro:- Nossa! Meu Deus faz 24 anos que ganhei essa rosa!... E o livro que cheirava mofo foi posto ao Sol, e a flor, sem se conter, declama ao seu amado Sol: - Meu lindo, tanto tempo sem te ver, e continuas com o teu belo brilho! E vejo que é uma bela manhã, como era em todas as manhãs no meu lindo jardim... Fui roubada por amor e sonhei com você por amor!...
E com tempo fui entendendo que tudo é por amor. Logo serei guardada por amor e continuarei sonhado com o teu brilho, Sol do meu jardim, por amor.

Lucy coelho



domingo, 7 de junho de 2015

Prefiro ser surpreendida


Não dá para ser feliz o tempo todo...

Porque ninguém consegue preencher todas as nossas perspectivas...

O amor é cego por causa das contradições, por diferenças, a desigualdade,

em todos os sentidos, religiosos ou sociais,

superando qualquer barreira, mas é pela sabedoria,

que conseguimos superar os altos e baixos de uma relação...

Poeticamente falando, todo amor é um mar de flores...

Eu prefiro ser feliz a cada momento, sem criar expectativas.

O que vem e me faz feliz, é o que me surpreende...

Prefiro ser surpreendida a ser decepcionada.


Lucy Coelho




sexta-feira, 5 de junho de 2015



.........Ao clarear do dia
Os pensamentos surgem
A saudade aumenta
A vontade que restou da noite anterior
A sensação do último beijo.................
Tão certo quanto o dia
..................É a certeza
Que amar você
É a melhor coisa da minha vida.......

Lucy Coelho










Marca




Gosto de te beijar meu amor

Como se fosse pela primeira vez

E como se fosse pela última vez

Com a mesma intensidade do primeiro

E o desespero do último beijo...

Meus lábios são brasas ardentes

Que aquecem o ferro

Do meu ser

E te marca com a minha marcar

E te faz me querer... 

Lucy Coelho