segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Meu balanço


Prendo-me ao balanço
Aonde não desejo parar
Sim, só me balanço
Para lá e para cá...

Eu queria estender 
As minhas mãos para o alto 
Mas, se eu o faço
Caio no chão
Desolado é o meu coração...

Sinto tanta saudade
Quem sabe daí do alto
Pegar-me-ia e me abraçaria
Se eu soltasse-me das cordas?
Mas, tenho medo de cair
Só queria que estivesse aqui
Ou por um momento
Ter a certeza que está
Perto de mim...

Entristeço a alma
Por perder a minha calma
Por querer te alcançar...
Prendo-me ao balanço
Aonde não desejo parar
Sim, só me balanço
Para lá e para cá...

A saudade é ferro em brasas
Que atravessa sem queimar a carne
E marca cruelmente a alma...

Empurra-me mais forte
Sonhos meus!
Mais alto eu quero ir
Quero chegar mais longe e alcançar
Uma nuvem de algodão
Aquela que me lembra um coração...

O meu balanço era feito de cordas de sisal
Em um galho de uma amoreira
Meu pai que fez para mim
Lembro-me como se fosse agora...

O meu eterno balanço 
E o pé de amoras
Estão com meu pai lá na glória
Na nuvem de algodão
Em formato de um coração...

E mesmo não estando aqui
O meu balanço
Ainda posso sentir
O meu rosto no vento
E o meu cabelo solto
Deveras ainda me balanço
Nos meus eternos sonhos...

Lucy Coelho

...Faça da sua noite um momento de perdoar, esquecer e sonhar... Amanhã, apenas recomece e realize... O certo é viver um dia de cada vez, pois para cada dia, basta o seu próprio mal.
Uma linda noite
Lucy


Que seja próspero o teu belo coração

Caminho de solidão perpétua
Tem a alma
Quando se é decidido a não perdoar
Mas quando o perdão é liberado
Correntes são quebradas
E nada mais prenderá a alma...
Arrancadas serão as raízes que amargam
Que servem apenas para ocupar
Uma parte fértil do coração
Perfeita para um belo jardim...
Raízes não atraem borboletas
Mas jardins floridos
São prósperos em beleza...

Lucy Coelho


... Amo-te
A cada amanhecer
E nas noites mais frias,
Sinto-me bem aquecida
Pois, me sinto totalmente envolvida
Na tua luz e eternamente querida,
Razão da minha vida...
...Amar-te-ei
Por toda minha vida
E serei tua a cada amanhecer!

Lucy Coelho




De cada cinco poesias que escrevo,
são lançadas quatro no mar do esquecimento...
Visto que, algumas são como rosas,
mesmo tão ricas de belos versos,
são repletas de espinhos
e outras são como ervas daninhas,
que sufocam o meu coração...
Lucy Coelho


Certificado Literário


Uma manhã na presença de Deus
UM MARAVILHOSO FINAL DE SEMANA

... Lembrete: Deus está contigo♡

Deus se preocupa até com a nossa vida sentimental, não pense que Ele não está nem aí com os nossos sentimentos. As lágrimas que são para nós incontáveis, na verdade DEUS conta cada uma e os anjos as colhem, sabe por quê? – Por causa da nossa importância para ELE.

lucy Coelho




Meu desejo é feito de mel,
Sobrevoo os céus,
Sinto-me uma rainha
Sobre o véu da Lua,
Despida da realidade,
Cubro-me com as luzes das estrelas,
Sonhando com você...

Lucy Coelho



Viajei sem rumo pelas pontas dos teus dedos
Ouvindo no pé do ouvido os teus segredos
Sendo amada como se não houvesse o amanhã
Como se a noite fosse uma extensão do meu desejo
Loucuras são teus beijos!...
Você é tudo que desejo
Não há fim essa noite de extrema fantasia
Visto-me com o véu da lua
Queira-me somente
E eu serei eternamente tua...

Lucy Coelho


Ele nasceu, cresceu e morreu por nós...
Por amor! Simplesmente por amor♥
Não venhamos somente comemorar o Natal
e durante o ano esquecer, o imenso amor
desse pequeno grande homem: Jesus,
mas que possamos lembrar todos os dias
do ano vindouro, o imenso amor que Ele tem por nós.

Boas Festas e Um feliz Ano Novo

Estou dividindo minha alegria com todos.
Fiquei muito feliz com um maravilhoso Email♡
Estou na coletânea:
Deixa-me ser poesia♡♡♡

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Bom dia
... É intenso o Sol, muito admirável... Essa luz que entra pela janela da minha sala, depois de uma noite chuvosa, me faz refletir, que tudo passa nessa vida, mas sempre passa deixando um pouco de luz, que clareia as nossas mentes, nos dando sabedoria.
Nessa inconstância chamada vida, que tudo é tão passageiro, somos grandiosos passageiros que admiramos as paisagens por onde quer que passemos.
Estejamos sempre direcionados pela luz e sempre protegidos, acolhidos, consolados, assim dessa maneira tão espetacular, ainda que o tempo passe e tudo mude, teremos o beneficio da maturidade.

Lucy Coelho
08/11/2016


... Eram dias quentes, secos, o ar parecia que pairava sobre as cabeças, nada saía do lugar, nem um fio de cabelo e nem sequer um grão de areia...
Os milhos no milharal já haviam sido dados como perda total, o agricultor sentou-se na sua simples varanda da sua humilde casa. Seu rosto marcado pelo Sol e pelo tempo, seu cachimbo na mão, balbuciava uma oração: - Senhor, mais uma vez os céus nos castigou, mas eu cheguei até aqui Contigo e sei que não serei desamparado, pois Tu, o Deus da minha provisão, estará mais uma vez comigo.
- Velho, passei um cafezinho – Gritou a senhora daquela cozinha que havia alegria, o radinho de pilha, tocava no volume máximo, não era tão alto assim, só o suficiente para distrair a tristeza.
- Vá ordenhar a vaca, meu velho, eu quero leite... E se levantou o velho homem, apoiando-se nos braços da cadeira. O cão, o seguiu para o pequeno celeiro, que ainda havia poucos animais, mas o suficiente para sobreviverem. Ele era um homem de grande fé e tinha a amada da sua juventude, tudo iria dá certo, havia naquele lugar muita luta, mas nenhuma desistência, porque havia esperança plantada em todo tempo e em todo tempo dava os seus frutos.
Nesse ambiente de crise, havia um corvo, que os assistiam de longe. Era um corvo estranho, desagregado de seus parentes...
Parecia um milagre, em meio ao milharal perdido, havia uma espiga, pasmem! - Estava bem sadia - Hummmm! – pensou o corvo - Ela certamente vai ser minha.
Então, voou e a admirou muito, deveria tê-la comido logo, nem pensado muito... Mas, admirou-a por um longo tempo, como poderia ser tão perfeita?
E, não teve coragem de devorá-la, e voou para longe dela.
O velho no passado fabricava cachaça com mel e não foi que o corvo entrou pela janela do velho sótão e achou uma velha garrafa. Abriu, bebeu e dormiu até que a noiteceu.
E, com muito fogo, foi até a espiga, espero que entenda quem não crer em fantasia, a chegar ao meio daquele campo morto, se encontrou com a única vida que havia, com a bela espiga.
E a espiga tornou-se uma linda menina e o corvo, em um belo rapaz. E a música do radinho de pilha que vinha da velha cozinha invadiu o morto campo, o vento finalmente soprou. E as mãos se entrelaçaram, dançaram e dançaram em um lindo balé, até que a primeira luz da aurora os cobriu... E o corvo voou e a espiga caiu no chão.
O cão, não parava de latir, o velho se levantou, abriu a porta armado da velha espingarda e a velha pediu: - Não vá! –Estava bem nervosa... O Velho seguiu o seu fiel cão, até o meio do campo. Olhou para todos os lados, naquele campo seco não havia nada. Então, quando ele dava uma meia volta, para voltar para sua casa, viu no chão a mais bela espiga de milho que já havia visto em toda sua vida, no seu velho rosto surgiu um sorriso e logo após uma lágrima...
Era a sua velha esperança que, o velho jamais deixou morrer.

O velho e o milharal
Lucy coelho
05/11/2016

... O dia hoje amanheceu
como amanhece todos os dias em nossas vidas ...
Cabe a nós transformá-lo em um dia diferente com novas perspectivas.
Em espírito vamos transformar as nossas lágrimas em pequenos cristais, para que sejam enfeites e brilhem ao Sol.
A tristeza pode até querer ser a nossa companheira, mas vai depender de nós levá-la em nossa jornada.

Que a alegria do Senhor seja a nossa força♡
Lucy Coelho





Aguarda-me na esquina
Querida poesia
Pois, disseram que hoje
É o nosso dia...
Lucy Coelho



quarta-feira, 26 de outubro de 2016


Sensibilidade dói...
Ser sensível é dolorido,
porque a alma sente e o coração chora.
Perdoe-me a minha sensibilidade à flor da pele,
é reflexo de ser poetisa,
falar com o Sol, sentir as flores
e rolar nos espinhos.

*Bom dia*
Lucy coelho
26/10/2016



Entreguei o meu coração a ti
E todos os dias ele é aquecido...
Disse a flor♥ao seu amado Sol

... Aprecio a tua luz
Sol meu
E todos os dias
Meu coração declama a ti,
Aquecido e apaixonado
E tão bem direcionado pelo teu amor,
Por isso, a linda Lua
Inveja a tua flor!...

... Meu amado Sol
Eis-me aqui
Cantando para ti,
Amado meu...
Sou eu a tua eterna flor
Que fazes desabrochar
A cada amanhecer
No teu belo jardim...

... Amo-te
A cada amanhecer
E nas noites mais frias,
Sinto-me bem aquecida
Pois, me sinto totalmente envolvida
Na tua luz e eternamente querida,
Razão da minha vida...

...Amar-te-ei
Por toda minha vida
E serei tua a cada amanhecer!

Lucy Coelho





Envolva-se com o doce encanto da poesia
Uma noite de doces sonhos

Lucy coelho
♫ ♪ ♫ ♪ ♫


segunda-feira, 24 de outubro de 2016



Viajei sem rumo pelas pontas dos teus dedos
Ouvindo no pé do ouvido os teus segredos
Sendo amada como se não houvesse o amanhã
Como se a noite fosse uma extensão do meu desejo
Loucuras são teus beijos!...
Você é tudo que desejo
Não há fim essa noite de extrema fantasia
Visto-me com o véu da lua
Queira-me somente 

E eu serei eternamente tua...

Lucy Coelho 




Se todas as estrelas
Alcançassem-me
Ainda assim
Não iam ofuscar o que deixou mim
Eu tenho o brilho Teu
Espelho meu
Reflete o que está em mim
Sou a tua imagem e semelhança
A maior riqueza e a tua herança
Filha amada e separada
Somente para te adorar
Jesus sempre vou te amar

Lucy Coelho

Como folhas secas
São levadas para longe
Minhas palavras soltas
Sem destino certo
São levadas pelo vento...


Palavras ao vento
Sem destino
Sem registro
Perdidas no céu da boca
E soltas ao vento...

Palavras ao vento
Lucy Coelho

domingo, 23 de outubro de 2016




Que teus sonhos se renovem,
Que a tua paz volte
E a tua fé se fortaleça!

Lucy Coelho




Independente das circunstâncias♡Transmita paz de espírito.

Lucy Coelho

sexta-feira, 21 de outubro de 2016



Com a suavidade de uma lágrima
Minhas lembranças surgem
Como uma nascente de um rio
No ato de um abraço no meu travesseiro
Um coração tocado pelo amor
É despertado, por isso jamais será o mesmo...
Lucy Coelho





Algumas pessoas adormecem. As lutas fazem pessoas tão presentes outrora, simplesmente se afastarem. Mas, não é falta de amor, e sim de um despertar♡


Lucy Coelho



... DEUS nos trata, com a dosagem certa do remédio chamado tempo.

Têm pessoas, que bastará uma dose de tempo por dia e com poucas semanas estarão sem os sintomas, mas com pequenas cicatrizes, quase imperceptíveis.

Outras, o tratamento terapêutico será bem diferente... Terão que seguir o tratamento a risca, meses tomando o medicamento, talvez não vejam o resultado, mas se sentirão um pouco melhor e voltarão a levar uma vida quase normal, com umas pequenas recaídas.

E ainda, terão pessoas que tomarão o Tempo por anos e jamais ficarão bem, as cicatrizes não vão fechar e nada nunca estará bom, e todos os dias tomarão cada vez mais tempo, e o tempo com o próprio tempo não faz efeito.

Deus se preocupa com a nossa vida sentimental, não pense que Ele não está nem aí com os nossos sentimentos. As lágrimas que são para nós incontáveis, na verdade DEUS conta cada uma e os anjos as colhem, sabe por quê? – Por causa da nossa importância para ELE.

No primeiro caso, as pessoas foram tratadas com o tempo, mas tomaram o tempo com a água da fé, que é a pessoa de Jesus. Por isso, elas ficaram até marcada com as cicatrizes da vida, mas foram saradas em pouco tempo.

Todos os dias, eu tomo um pouco do meu tempo para tratar algumas feridas do passado, mas tomo com a água chamada de vida, o tempo não cura nada sozinho, se DEUS não está conosco.
lucy Coelho
21/10/2016



Poesias são minhas ilusões
Passarinho preso em gaiola
É o meu coração...♥

Tenho em mim
Todos os sonhos não realizados
Sonhos não realizados
Porém, sonhados...

Mortos são os sonhos
Que nunca foram sonhados
E nem sequer nascidos...

Ainda escolho
Os que não foram realizados
Pois, ainda guardo em mim
Levando em todos os meus caminhos
Fazendo deles ilusões
E criando passarinho na gaiola
Preso é o meu coração
...
Lucy Coelho
Preso é o meu coração
08/10/2016



POESIA FICÇÃO

E quando começou a chover,
desesperada abriu a bolsa,
o que ela procurava estava no fundo, o guarda-chuva,
ao encontrá-lo, isso não a protegeu das gotas grossas e repentinas,
porque os seus sapatos e a saia longa encharcaram;
e os seus cabelos armaram,
revelando que o liso perfeito, eram lindos cachos...
E tanto as gotas da chuva
e as suas lágrimas eram incontáveis...
A tristeza tomou os céus
e o seu coração.
Sabe aquela dor interna,
que não é uma dor física, mas na alma?....
Existem infinidades de dores...
Carla, descobriu tão jovem, uma delas.
Carla, sentia-se perdida,
eu diria atordoada,
só queria ir para casa.
Seus pensamentos estavam confusos.
Somente alguém que nunca amou,
pode dizer que jamais perdeu a razão.
Assim estava Carla,
confusa com as coisas
que passavam em seu coração...

Lucy Coelho
19/10/2016




Ainda que o tempo passe, ainda que os nossos corpos se cansem, ainda que as nossas visões escureçam...
Que não falte o calor do aconchego dos nossos abraços e que sejam eternos os nossos laços.
Que os nossos corações, ainda que cansados, sejam eternos namorados.
Ainda que o tempo passe e a vida finda, que por essa vida não passemos por passar, mas que tudo tenha valido a pena, sem pena de nos amar.

Lucy Coelho
09/10/2016


Existem pessoas com essências raríssimas, com tempo se tornam tão marcantes em nossas vidas, que por onde quer que passem deixam rastros fortíssimos.
Mas, tem amigos que nos atraí com magia.
lucy Coelho







Às vezes disfarço, 
me viro para lado 
e finjo que não estou vendo.
Quem nunca agiu assim?

Lucy Coelho