quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

A menina do piano e os anjos


A menina do piano e os anjos
Inspirado em uma historia real.

Trancada em um apartamento,
Havia uma janela que dava para rua
E o pequeno visor de madeira,
Da porta da entrada, que dava para o corredor.

Aos 15 anos, pouco sabia da vida,
Mas eu era prisioneira, uma jovem escrava,
Que não tinha nenhuma opção...

Havia dois anjos que me visitavam e
Me cuidavam...
Eu sabia que em algum momento,
Eles bateriam na porta e me fariam companhia,
Dariam ouvidos ao meu triste lamento...
Eles do lado de fora
E eu no meu sofrimento...

 De alguma maneira,
Eram os anjos que me guardavam...
Só os via pelo visor,
Eles me ouviam...

Havia um piano na sala,
Eu não sabia tocar,
Mas o barulho me embalava
Para outro lugar,
Assim por muitas vezes fugi!... Fui livre,
Criei asas e voei para tão alto que,
 Só ouvia o som dos teclados batendo na minha mente...

Cadê os meus anjos?!
-Não era sempre que eu os via,
Um dia eles não apareceram...

Aproximei-me da janela do apartamento,
Imaginei que alguém poderia está do lado de fora,
E olhei, e esperei que me chamasse:
- Pula menina, pula... Eu estou aqui e vou te segurar...
Mas, ninguém apareceu!

Aquela mulher,
Que deveria cuidar de mim,
Um dia chegou e viu que eu havia quebrado
Uma xícara e cortado entre os dedos da mão, com os cacos...
Com tanta raiva, pegou sal,
E encheu o corte... A dor, o ardor, o queimar...
Você não esquece...

Naquele silêncio, 
Quando na maior parte do tempo
A solidão era a minha companhia,
Eu tinha os meus anjos...
Eu acredito em anjos,
Anjos que nos visita,
Nos guarda e nos consolam,
Enviados por DEUS.

Continuei ali por muito tempo... Tocando o piano,
Digo, fazendo barulho (risos)
Era o meu som de liberdade, quem sabe
O meu grito sufocado, simplesmente não havia palavras...
Mas os meus anjos me ouviam!...

By

Lucy Coelho