sexta-feira, 19 de junho de 2015

Por amor



Uma flor, que todos os dias era despertada pelo seu Sol e um dia foi roubada, e entregue a uma bela amada e para ser eternizada foi guardada dentro de livro... Para amada belo presente, para flor um triste destino.
Por anos, dentre as folhas de velho livro foi guardada, cheia de saudades do seu belo jardim e o do Sol, o seu primeiro e único amor. Foi uma eterna noite de sonhos, a flor adormeceu...
Um dia, por uma faxina o livro a ser espanado foi aberto e a flor foi despertada ao ouvir um sussurro:- Nossa! Meu Deus faz 24 anos que ganhei essa rosa!... E o livro que cheirava mofo foi posto ao Sol, e a flor, sem se conter, declama ao seu amado Sol: - Meu lindo, tanto tempo sem te ver, e continuas com o teu belo brilho! E vejo que é uma bela manhã, como era em todas as manhãs no meu lindo jardim... Fui roubada por amor e sonhei com você por amor!...
E com tempo fui entendendo que tudo é por amor. Logo serei guardada por amor e continuarei sonhado com o teu brilho, Sol do meu jardim, por amor.

Lucy coelho