domingo, 17 de dezembro de 2017

E é no fundo dos teus olhos
Onde me perco
Onde me acho...

É sim! ...
É no brilho do teu olhar
Onde encontro a candeia
Que me traz a luz...

Navego por cada detalhe
Meu barco está à deriva
Na gota do suor do teu rosto...

Uso o meu querer como guia
E o meu coração como mapa
É sim! ...
É você que por inteiro eu acho
E me perco em cada detalhe...

Perdidamente
22/10/2017
Lucy Coelho