sábado, 8 de novembro de 2014

O amor é abstrato






O amor é abstrato,
Mas o que sinto é concreto.

Não pode ser abstrato o que me preenche,
Sinto-me tão cheia de amor!

É concreto, ainda que eu não possa tocar,
Pois ainda que eu não toque, 
Sinto!
Logo para mim existe.

É tão concreto o que sinto,
Ainda que o amor seja abstrato.


Lucy Coelho