quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Saudades ...


Senti quando eu parti
Uma tristeza tão profunda,
Uma dor tão intensa,
Que me apeguei a tudo
Que estava a minha volta,
Para não enlouquecer,
Pois grande parte
Da minha vida é você...

A saudade que eu sinto
Não é definida em palavras,
Mas em ausência...
É a ausência da luz
É o breu eterno e noturno,
Totalmente perdido
Intensa dor no profundo
Resume a falta de não ti ter
No meu pequeno do mundo...

Sinto muito por tê-lo deixado
Meu grande achado,
Eterno Sol do meu jardim,
Abri mão por fim,
Acreditei que,
Melhor fosse assim,
Mas morri,
Deixei de viver,
Pois grande parte
Da minha vida é você.

Saudades – Por amor - Ficção
Lucy Coelho