quarta-feira, 8 de abril de 2015

Almas tatuadas


É possível sentir a alma?
Estou sentindo a minha...
E como se eu estivesse sido invadido
Estou sentindo a tua...

E não consigo 
Tirá-la de mim...
Estou preso em ti
Pois o teu abraço
 Prendeu-me feito um laço
Estás tatuada em mim
E eu tatuei-me eternamente em ti...

Sem percebê-la
Entorpecido
Com as tuas carícias
E com teu amor 
Rasgaste o meu peito
Sem dor...

Invadiu-me
Da maneira mais profunda
E de um jeito mais calmo
Marcando-me
Com a tua essência 
Do teu grande  amor
Entregue a mim...
Somos almas tatuadas
Eternamente marcadas
Com o símbolo do infinito
Simbolizando a eternidade 
De tudo que por ti eu sinto
E da tua total entrega
Minha eterna amada
Viveremos eternamente assim
Com as nossas almas tatuadas
Marcadas por este eterno amor sem fim...



Lucy coelho